sexta-feira, 21 de agosto de 2009

"Veja" avisa: Edir Macedo e Serra, problemas à vista

::

http://1.bp.blogspot.com/_eMPEt9XdDSc/RkqDV8YVW2I/AAAAAAAAAHM/yBY037sKLH4/s320/serra+bandidao.jpg
José Serra e seu "choque de gestão" fraudulenta


por Rodrigo Vianna

Nos anos 50, Vargas tinha toda a imprensa contra seu governo. Do outro lado, só o jornal "Última Hora" de Samuel Wainer. Vargas foi encurralado por uma crise fabricada na imprensa. E meteu uma bala no peito, adiando o golpe direitista por dez anos.

Lula, como Vargas, tem toda a imprensa contra seu governo.
Na crise de 2005, e na eleição de 2006, o bombardeio foi impressionante. Dois comunicadores de Minas - Thiago Maia e Mateus Brandão - fizeram um levantamento detalhado a respeito das capas da "Veja" sobre Lula. Basearam-se em estudos feitos, na PUC-SP e na UFRGS, pelos pesquisadores Marcia Benetti, Sean Hagen, Tânia Almeida e Maria Helena Weber.

Os números são os seguintes:

-"Em 2005, o semanário chegou a publicar 18 capas consecutivas contrárias ao governo, entre as edições de 25 de maio e 21 de setembro, o que representa quatro meses de puro bombardeio. Em 2006, ano da reeleição, a revista publicou sete capas negativas para o PT entre março e junho. E, em pleno período eleitoral, veiculou mais cinco capas péssimas para o governo, entre 23 de agosto e 25 de outubro. Isto quer dizer que as capas de metade das edições de Veja que circularam enquanto as eleições se definiam eram ruins para Lula. Geraldo Alckmin (PSDB), seu principal adversário, não apareceu negativamente em nenhuma capa da publicação neste período."

Mateus e Thiago também fizeram um pequeno vídeo que mostra como a "Veja" atua - http://www.youtube.com/watch?v=VQB0pxsgn6k.

E a "Veja" não age sozinha. "Folha", "Estadão", "O Globo" e "TV Globo" são como um partido. Eles se retro-alimentam, de forma ininterrupta. PSDB e DEM funcionam como linha auxiliar - repercutindo no Congresso as "teses" do verdadeiro partido...

O objetivo desse partido é reocupar o Estado em 2010.

A "Folha", por exemplo, deu uma dica do que incomoda esse povo: Lula pulverizou a verba publicitária do governo, antes na mão de meia dúzia. Um editor da "Folha" escreveu sobre isso, deixando tudo muito explícito - aqui (Dói no bolso - bateu o desespero na turma da ditabranda).

Serra faz diferente: aposta na turma de sempre. Compra assinaturas dos jornais paulistas pras escolas; compra assinaturas das revistas da Abril. Despeja dinheiro público nos bolsos do baronato da mídia.
Pau a pau, Serra não tem chance contra a candidata (ou o candidato) de Lula. Serra sabe disso. A chance de Serra é a mídia.

Este ano, já tivemos: ficha falsa da Dilma, CPI da Petrrobrás, pancada no Sarney, crise da Lina. Imaginem o que virá em 2010?

Na crise de 2005, e na eleição de 2006, Lula segurou tudo no peito. Lula é um mito. Lula é um Vargas que não precisou meter uma bala no coração.

Mas e Dilma? Ela aguenta o tranco de uma campanha difamatória ampla e irrestrita?

Serra vai apostar nisso.

Quem pode atrapalhar o jogo?

A Record, talvez. É o único meio de comunicação importante que não é serrista.
Por que será que o independente Ministério Público paulista decidiu apresentar agora essa denúncia contra a Igreja Universal e a Record?

Nem entro no mérito jurídico. Há quem diga que tudo isso já foi julgado (e arquivado) na Justiça Federal. Mesmo assim, qualquer personalidade pública deve, sempre, prestar contas de seus atos. É fato.
Ainda assim, anoto a coincidencia: por que o MP paulista entrou nisso? O suposto crime não seria federal?

Hum...

Por isso, até a "Veja" já dá a entender que Edir Macedo pode não estar muito satisfeito com Serra -http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/brasil/edir-macedo-e-serra-problemas-a-vista/.

Edir Macedo não será o Samuel Wainer de Lula/Dilma. Isso está claro. Mas a simples existência da Record pode atrapalhar os planos do tucanato.

Serra e alguns promotores parecem saber disso. Do outro lado, há gente disposta a resistir.
Trata-se de uma briga gigantesca. A batalha da mídia é hoje a mãe de todas as batalhas!

Fonte: O Escrevinhador

::


Share/Save/Bookmark

Nenhum comentário: